Carta de Missão como instrumento de Gestão na Perspetiva de Resultados

Aconteceu, ontem no final da tarde, o enceramento das sessões de trabalho para o preenchimento da Carta de Missão, dos Dirigentes Gerais e Nacionais.

A sessão de trabalho decorreu durante duas semanas, no Ministério das Finanças em parceria com Instituto Nacional da Administração Pública, Portugal, através do formador Jorge Caldeira.

A Carta de Missão constituí o principal elemento de Avaliação de Desempenho do Dirigente máximo e deve refletir os objetivos, atividades e os resultados a atingir no horizonte temporal da sua gestão.

Durante o discurso de enceramento o Diretor Nacional da Administração Pública Frisou a importância da Carta de Missão, como sendo um instrumento fundamental para a gestão na perspetiva de resultados, ressaltando que a excelência da Administração Pública não se declara, ela tem de ser exibida através de resultados “a nos é bom nu tem ki mostra ma nos é bom”.

Após estas sessões, os Dirigentes Superiores têm o desafio de efetivar a carta de Missão, estabelecendo os objetivos, metas e indicadores de todos os dirigentes de nível intermédio e de seguida os dos funcionários, resultando assim, no pleno funcionamento do sistema de avaliação de desempenho

0 Comentários

Deixe uma Comentário

Pretende juntar-se á discussão?
Sinta-se live para dizer-nos a sua opinião!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *